APFTV
 
 
 






 
 
 
 
indústria > produtos > métodos de ensaio
 
MÉTODOS DE ENSAIO 

Amostragem

A qualidade da amostragem é essencial para se obterem resultados de ensaio representativos do produto. A toma de amostras líquidas de tinta e a preparação e aplicação de provetes para ensaio são operações que devem ser escrupulosamente seguidas.

Amostragem de tinta líquida: deve-se

- Homogeneizar o conteúdo da embalagem;
- Fechar hermeticamente os recipientes de amostragem;
- Etiquetar as amostras com as informações necessárias para permitir uma identificação inequívoca.

   

Preparação de painéis e provetes: os resultados dos ensaios dependem fortemente do rigor da respectiva preparação. Deve ter-se em consideração:

- Substrato idêntico ou representativo;
- Regularidade da camada ou do sistema aplicados;
- Espessura mínima a respeitar;
- Temperatura, viscosidade e diluição da amostra do produto;
- Secagem e endurecimento completo, nas condições preconizadas;
- Condicionamento em ambiente controlado, geralmente (23+/-2)ºC e (50+/-5)% de humidade relativa.

   

Caracterização da tinta líquida: usam-se geralmente os seguintes parâmetros:

- Extracto seco
- Massa volúmica
- Teor de cinzas
- Viscosidade inicial e ao longo do tempo
- Grau de moagem
- Poder de cobertura

   

Propriedades de desempenho: para qualificar os produtos aplicados, podem usar-se normas que permitem a avaliação das propriedades ligadas à função e à durabilidade do revestimento, tais como:

- Tempo de secagem
- Aderência ao substrato e entre camadas
- Resistência mecânica: dureza, resistência à riscagem, ao choque, à quadrícula, à abrasão, etc.
- Aspecto: textura, cor, brilho inicial e após envelhecimento
- Durabilidade
- Resistência à corrosão, às agressões químicas e biológicas
- Resistência ao calor, resistência à humidade
- Resistências a agressões específicas em função do uso.