APFTV
 
 
 






 
 
 
 
indústria > Produtos > Processos de Secagem
 
PROCESSOS DE SECAGEM 

Após a aplicação a tinta sofre uma transformação (secagem) que dará origem a uma película seca.
A secagem pode fazer-se dos seguintes modos:


À temperatura ambiente, no caso das chamadas tintas de secagem ao ar;
É o caso das tintas de simples secagem física, por evaporação do solvente/água (tintas de emulsão), de secagem por oxidação (à base de óleos secativos, certas alquídicas) e produtos de dois componentes (epóxidos e poliuretanos).

A temperaturas elevadas, no caso das chamadas tintas de secagem em estufa;
A reacção de endurecimento da película necessita de calor e faz-se portanto em estufa, a diferentes temperaturas, consoante a natureza do produto.

Por reticulação sob o efeito de radiação (UV, feixe de electrões), em instalações especiais e no caso de algumas tintas especialmente formuladas para o efeito.
A passagem da película líquida a sólida, faz-se com o auxílio de radiações energéticas (ultra-violeta ou feixe de electrões). Os túneis UV estão equipados com lâmpadas especiais de vapor de mercúrio. Os túneis de feixes de electrões exigem instalações mais complexas com aceleradores de alta tensão e protecção contra os raios X gerados pelos electrões sob aceleração.